Museu Casa dos Amigos Guimarães Rosa

Home / PROJETOS / Museu Casa dos Amigos Guimarães Rosa


O Museu 

 

O Museu é vinculado à Superintendência de Museus do Estado de Minas Gerais e foi concebido como centro de referência da vida e obra do escritor.  O espaço preserva um acervo de aproximadamente 200 objetos de uso pessoal e uma coleção valiosa de cerca de 700 documentos textuais: certidões, correspondências, documentos escolares, discursos, artigos em periódicos e originais de obras, a exemplo de "Tutaméia", sua última obra publicada em vida.

O Museu conta com a Associação dos Amigos do Museu Casa de Guimarães Rosa (AAMCGR), criada em 1994 e formada pelas Bordadeiras da Terceira Idade do Sertão, Grupo de Contadores de Estórias Miguilim e Circulação da Caminhada Eco Literária. 

Caminhada 
Ecoliterária

Folder

A Caminhada Eco-literária é um projeto criado em 1998, em Cordisburgo, voltado para realização de caminhadas por cidades do sertão de Minas Gerais, em que Guimarães Rosa se inspirou para escrever os seus romances e histórias. É formado por contadores de histórias, músicos e estudiosos da obra do escritor sendo, todos os componentes, pessoas da comunidade de Cordisburgo.  É um trabalho que prioriza a acessibilidade de crianças, jovens e adultos não só do centro urbano, mas também daquelas que estão em áreas rurais e com dificuldade de acesso a expressões artísticas. Veja Relatório completo: Caminhada Brasilândia

As Bordadeiras

O trabalho das Bordadeiras da Terceira Idade Estrela do Sertão nasceu em 2003, a partir da vontade de confeccionar peças feitas à mão buscando mostrar ao público trabalhos autênticos  carregados de  poesia, leveza  e simplicidade, feitos por mãos habilidosas,  passada de mãe para filha,  trabalhando  durante todo o ano com suas ricas técnicas e heranças culturais, desenvolvendo  um trabalho  refinado, autêntico e, ao mesmo tempo, simples. Na pesquisa da obra de Guimarães Rosa e temas voltados para a natureza, vegetação, fauna, costumes e histórias do sertão, as bordadeiras usam a versatilidade e ludicidade dos versos para imprimir ao trabalho personalidade e autenticidade.

Grupo Miguilim

Já o grupo de Contadores de Estórias Miguilim é um grupo de contadores de estórias de Cordisburgo, criado em 1995, composto por adolescentes que atuam como guias especializados no Museu Casa Guimarães Rosa divulgando a obra do escritor através da narração de seus textos. É um trabalho que prioriza a formação de crianças e jovens e é acessível às escolas não só do centro urbano, mas também daquelas que estão em áreas rurais e com dificuldade de acesso a expressões artísticas. É uma oportunidade de envolver e inserir socialmente crianças e jovens em trabalhos como esse.  É uma iniciativa que resulta numa ação de preservação e difusão cultural de extrema qualidade que, nos últimos anos tem alcançado inclusive, repercussão nacional. Os Miguilins contribuem ativamente para a difusão da obra de Guimarães Rosa. São também considerados referência para formação de novos grupos de narradores da obra Roseana, em várias cidades, principalmente nas cidades do Circuito Turístico-Literário Guimarães Rosa.

 
 

Veja fotos deste e de outros projetos da Arte Brasil aqui!